Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Depois de um dia mau pode haver um céu estrelado. O meu reino.


11
Out14

Dias maus

por Inês P Queiroz

Por estes dias as coisas nunca andam boas. 8 e 9 de Outubro são dias que me ficaram gravados no coração. Pode parecer estranho mas acordei no dia 8 com uma sensação estranha, um aperto no coração, não consigo explicar bem. Depois lembrei-me... E entrei num processo de memórias, de reconstituição de uma realidade que já o foi. O dia em que o meu pai me morreu. E escrevo morreu-me e não morreu, porque é assim que me sinto. Ainda hoje: ele morreu-me, foi-me tirado. Fecho os olhos e faço a reconstituição daqueles dois dias. Foi tudo tão rápido e às vezes parece-me que foi uma eternidade, que o tempo simplesmente não passava. Estes dias são dias em que as palavras com a minha mãe e com o meu irmão são mais escassas. Tentamos lembrar o que não foi esquecido. "Sabes que dia é hoje?" "Sei,mas não quero falar sobre isso. Não estou preparada. " Perder o meu pai deixou-me infinitamente mais triste. E não há nada que preencha esse vazio. Já lá vão seis anos...

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De helena a 11.10.2014 às 09:10

Um abraço.
Sem imagem de perfil

De J.P. a 12.10.2014 às 17:57

Numa perda destas perdemos um bocado de nós. Sei tão bem do que estamos a falar. O tempo ajuda um pouco mas não cura a ferida.
Um abraço
J.P.
Sem imagem de perfil

De Ana Sousa a 13.10.2014 às 13:29

compreendo-a muito bem!
a minha mãe morreu-me há já 10 anos. continuo a ter o coração apertado, no dia em que há 10 anos foi hospitalizada, e no dia em que me morreu.
fica um nó na garganta e não consigo falar com ninguém!
um abraço apertado para si.
Sem imagem de perfil

De filipa vasconcelos a 31.10.2014 às 22:50

Tenho uma dor semelhante há nove anos. O dia em que a vida nunca mais volta a ser a mesma.
Beijinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D