Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Depois de um dia mau pode haver um céu estrelado. O meu reino.


30
Nov12

Anatomia de Grey

por Inês P Queiroz
Ontem confiei em demasia na tecnologia.
Esqueci-me de gravar o segundo episódio da Anatomia de Grey e quando me sentei no sofá prontinha para o meu repasto de quinta-feira à noite o episódio já tinha acabado e já não dava para andar para trás no raio da box.
Estou danada. Só repete no sábado à noite.

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Nov12

Fim-de-semana

por Inês P Queiroz
foi curto, porque só começou depois de uma noitada de trabalho que me fez acordar tarde no sábado. Mas foi bom, muito bom... o meu filho continua "do lado bom da força", fuia um concerto dos Cowboy Junkies e, no domingo, houve almoço em casa da minha mãe, regressada a Lisboa. Foi bom... mas queria que amanhã fosse sexa-feira, outra vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Nov12

Estado das coisas

por Inês P Queiroz
Eu já fiz muitas greves. As que achei necessárias. E para mim greve é greve de zelo. é ir e não trabalhar. É estar lá e não na praia, ou no café, ou nas compras, ou a beber café com os amigos. E também já fui a muitas manifestações: às que achei necessário ir.
Tento ensinar ao meu filho os princípios básicos de uma sociedade democrática, de uma sociedade cívica e mais justa. Ele sabe que a greve é um direito, que votar é um dever, mas também sabe que a rua é para se manter limpa, que não se deve cuspir no chão, que não se atiram pedras à polícia, e que quando as manifestações deixam de ser pacíficas nós debandamos... porque nã acreditamos que seja pela violência que se vai lá.
O meu filho, do alto dos seus 8 anos, sabe coisas que, pelos vistos, muita gente (jornalistas incluídos) não sabe. Ele sabe que uma carga polícial é sempre violenta, porque é uma carga... não pode ser pacífica.
Ele sabe que as pedras da calçada devem ficar na calçada. E sabe que se ouve num megafone que é para dispersar... o melhor é dispersar.
Hoje não fiz greve. Não porque ache que não há motivos para tal, não porque ache que está tudo bem. Não fiz greve porque não podia. Tenho uma pequena empresa e um dia sem trabalhar numa altura como esta pode ditar o seu encerramento. Por isso, pesando os prós e os contras, decidi trabalhar. Não fiz greve mas respeito muito quem a fez e quem a defende.
Mas não percebo quem se pendura na greve para dizer que não tem forma de chegar ao trabalho, e abomino os chamados "piquetes de greve", que maltratam colegas que querem trabalhar.
Hoje decidi não ir à manifestação. Mas respeito as pessoas que lá estiveram. Pelo menos as que foram de forma pacífica e ordeira. Mas, infelizmente, quando o PCP e a CGTP saem das manifestações (quando as dão por terminadas) há sempre uns badamecos profissionais da pedra e da lata de tinta, que gostam de fazer merda, de pôr em causa o que os outros conquistaram de forma pacífica, que buscam os 3 minutos de fama do directo da televisão, que ganham o dia quando acertam com uma pedra num polícia.
Talvez seja porque o meu pai foi polícia, ou talvez não, mas eu vejo ali pessoas. Por detrás dos escudos partidos e dos capacetes eu vejo pessoas. Algumas delas com umas ganas do caraças de fazer greve, de se manifestar... mas não podem. Estão ali a trabalhar. E, depois de hora e meia de pedrada e de um pré-aviso de que vão fazer uma carga, o que se espera? Que escolham a dedo em quem vão bater? Que há velhos e crianças? Deviam ter-se posto ao largo.
É como ir a um jogo de futebol de alto risco e achar que não há perigo, que nada nos vai acontecer. Eu adoro futebol e gosto de ir ao estádio em família, mas há momentos em que sei que o melhor é ficar em casa...
Peço muitas desculpas. Porventura alguns dos meus amigos vão achar que sou uma perigosa fascista, que me transformei numa reaccionária de primeira mas, citando o meu falecido pai "só se perderam as que caíram no chão".

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Nov12

Cansaço

por Inês P Queiroz
Estou tão cansada que nem sei onde estou... e ainda só é terça-feira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Nov12

A tampa

por Inês P Queiroz
Desde muito pequeno que o meu filho gosta de dormir todo tapadinho até às orelhas. Mesmo que depois se destape durante a noite. No momento em que se deita, o edredão tem de chegar às orelhas para se sentir quentinho.
Este Verão comprámos-lhe um beliche enorme, com um colchão de dois metros. Mas o edredão permaneceu o mesmo, também com dois metros. Durante o Verão não houve crise mas, agora que o frio começou a apertar, ele sentia-se infeliz por não ter uma "tampa" até às orelhas ou, pelo menos, até ao pescoço.
E lá fui ao IKEA, onde tinha comprado o colchão, à procura do edredão. Mas a loja não tem os benditos com mais de dois metros. E hoje a casa ia caindo. Ele acordou com birra, porque tinha sono e, depois de ter passado dez minutos na minha cama tapadinho até à testa, começou a chorar alegando que eu "não lhe dava condições para descansar". E chorou, chorou... e eu lá fui, em busca do edredão de 2,20m que, felizmente, encontrei na Zara Home.
Hoje, lá em casa, vai haver uma criança feliz! E uma mãe mais tranquila

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Nov12

Consegui

por Inês P Queiroz
No dia em que a Frau Merkel esteve em Portugal consegui não ver televisão. Nada de notícias logo, para mim, é como se ela não tivesse passado por cá. Nada mau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Nov12

Dr. Pina...

por Inês P Queiroz
Já aqui falei muitas vezes do Dr. Pina, o médico que me operou e me salvou, literalmente. Tudo o que possa dizer sobre ele, sobre a sua generosidade, sobre o seu profissionalismo e dedicação, é pouco. Nunca será o suficiente. Porque o que ele fez foi, nas palavras dos muitos médicos com os quais já falei entretanto, um milagre.
Infelizmente, o Dr. Pina não viveu o suficiente para me aturar muitos anos. E hoje sinto-me orfã. Precisava de falar com ele, de pedir conselhos, orientação. Apetecia-me ligar-lhe para darmos umas boas gargalhadas com o que tinha para lhe contar... tenho a certeza que nunca encontrarei outro médico como ele, e isso deixa-me triste.

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Nov12

Boas notícias

por Inês P Queiroz
A Marisa Monte vem a Portugal em Abril, a Disney vai continuar a saga da Guerra das Estrelas, fui ver o skyfall mesmo antes das avós invadirem a nossa casa e agora vou ver o top gun ou o cricodile dundee 2 enquanto como línguas de gato!
Nada mau

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D