Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Depois de um dia mau pode haver um céu estrelado. O meu reino.


25
Ago10
Na semana passada demiti-me da empresa onde trabalhava há cerca de três anos e meio. Fi-lo por várias razões, mas a principal foi porque queria investir em mim e na minha família. Não, não vou virar dondoca de ficar por casa, até porque não tenho dinheiro para isso. Investir em mim e na minha família significa fazer algo diferente, mais à minha escala, com outros objectivos. Vago não é? Mas, para já, não posso adiantar mais nada. Digamos que vou para uma carreira a solo, ou para um dueto. Logo voltarei aqui para dar mais notícias.
Desde segunda que deixei de ir ao escritório e me preparo para o que aí vem. Passo mais tempo em casa, mas também pela cidade. Tenho tempo para acompanhar as minhas amigas e para estar com o meu filho. Até me sobra tempo para organizar coisas em casa. Os planos para hoje passam por um almoço, uma ida às Amoreiras à procura de um casaco e de um vestidinho e uma passagem pelo Ikea para comprar uma caixas para arrum0s.
Para a semana vou de férias e, quando voltar, tudo será diferente. Novo projecto, filho na Primária...
Tenho borboletas na barriga. Desejo, sinceramente, que tudo me corra bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

22
Ago10

Obrigada, querido.

por Inês P Queiroz
Agradeço ao meu marido ter-me chamado à razão quando eu, louca de pedra, falei em comprar um cativo na Luz para este ano.
Obrigada, amor. Neste momento, em que vejo as imagens do jogo e os frangos do Sr. Roberto, levanto as mãos aos céus e agradeço o facto de me teres chamado á razão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Ago10

já está!

por Inês P Queiroz
sou livre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Ago10

afectos

por Inês P Queiroz
Uma pessoa sobrevive a uma doença grave, sobrevive aos patrões, aos maus dias no trabalho, às confusões laborais e outras chatices. Mas quando chega aos afectos o caso muda de figura: desaparece a valentia, a tolerância escapa-se como areia entre os dedos. Exige-se, esperneia-se. Queremos tudo à nossa imagem e nas nossas condições. Não se admitem falhas, não se perdoa com facilidade, não se partilha.
Porquê?

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Ago10

reviver o passado

por Inês P Queiroz
acabadinha de chegar do cinema ligo a tv e o que vejo? Dirty Dancing na Sic. Sorry mas não posso escrever mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Ago10

Contagem decrescente

por Inês P Queiroz
A menos de 24 horas de voltar ao trabalho confesso que estou com muito pouca vontade. Avizinham-se momentos decisivos na minha vida. E, como sempre acontece, quando esta evidência nos assola, a vontade de permanecer de férias é ainda maior. Apetece-me continuar a ir à praia de manhã, a passar no mercado para comprar peixe fresco para o almço, a arrumar as miudezas que se acumulam pela casa, a telefonar às amigas, a ir ao Chiado ao fim da tarde, a comprar material escolar no Continente e a ver episódios do Dartacão. Mas sei que não pode ser assim, para mal dos meus pecados.
Há que voltar à rotina, à que voltar a fazer business plans e folhas de excel com listagens, stocks, planos de marketing, promoções e afins. Há que ter conversas difícieis, decisivas, apertos na barriga (os do estêmago deixei de ter há conco anos).
Se tudo correr bem, daqui a duas semanas e meia, quando me preparar para queimar o resto dos cartuxos das minhas férias, a minha vida será diferente. Igualmente caótica, mas diferente.
A ver vamos

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Ago10

Dificuldade

por Inês P Queiroz
Uma das grandes dificuldades da maternidade é dar um castigo e mantê-lo com a firmeza que se impõe. Hoje cortou-me o coração não ter voltado ao Pavilhão do Conhecimento com o meu filho. Passámos lá duas horas de manhã (tempo insuficiente para se ver aquele mundo de experiências em condições) mas tivemos de interromper a visita para ir a casa almoçar com o pai. Ficou a promessa de voltarmos à tarde. Só que, a caminho do carr, ele saiu-se com uma tirada que me deixou com vontade de o espancar. Estava eu a tentar ser pedagógica e a explicar-lhe que tínhamos de ir a casa para passarmos algum tempo com o pai que ia almoçar connosco, quando ele se sai com um "Porque é que não te calas? Estás sempre a falar." Não o espanquei, é verdade, mas o castigo doeu-lhe tanto que até a mim me doeu.
O resto do dia correu bem e acabámos no chiado a dar voltas na Fnac e a torrar dinheiro na Benetton, mas não foi o dia que ele queria. Eu fiquei triste com a minha decisão mas acho que fiz o que tinha de ser feito. O Henrique tem 6 anos (feitos há menos de dois meses). Não pode dar as respostas que dá de cada vez que as coisas não correrm como ele quer. Mas, apesar de sentir que estou a fazer o que é correcto, não consigo deixar de achar que isto é muito difícil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Ago10

trabalho

por Inês P Queiroz
Depois de um belo batido de meloa e de uma análise de vendas de livros, vou dedicar-me a coisas realmente importantes: arrumar sapatos! Inté

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Ago10

Vida Santa

por Inês P Queiroz
Manhã de praia com o filho; ameijoas à bulhão pato, jaquinzinhos fritos com arroz de tomate e gelado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Ago10

good news

por Inês P Queiroz
e não é que, três horas depois de ter regressado ao trabalho, já me estão a mandar outra vez para casa??? Ao que parece, quanto menos pessoal estiver por aqui esta semana, melhor. Isto porque a empresa deveria estar fechada esta semana. Mas havia pessoas, como eu, que já tinham férias marcadas e compradas quando saiu esta norma e, qque por isso, tiveram de voltar antes. Mas eu, ao que parece, sou uma miragem. Vou despachar-me com as coisas pendentes que aqui tenho e já só cá devo voltar lá para o fim da semana.
IUPI!

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Ago10

regresso

por Inês P Queiroz
Depois de duas belas semanas de férias preparo-me para regressar ao trabalho. A vida regressa à normalidade. A Teresa está melhor, o que me deixa bastante aliviada. Amanhã é outro dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Ago10

Teresa

por Inês P Queiroz
Em Fevereiro de 2008, escrevi aqui isto sobre o nascimento de uma pequena maravilha - a Madalena. Esta pequena heroína, que morre de amores pelo meu filho e que é uma criança maravilhosa, teve de lutar e muito pela sua vida, apesar de ainda não ter completado três anos. No dia 31 de Julho nasceu a pequena Teresa, irmã mais nova da Madalena. E, tal como tinha acontecido com a sua irmã mais velha, a Teresa está doente.. ao que parece com uma infecção pulmonar. Caraças, como é possível? Expliquem-me que raio de justiça é esta que deixa um recém-nascido a lutar pela vida, e dois pais devastados.
Aguentem-se, amigos, tudo vai acabar bem.
Outra vez. Acreditem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Ago10

António Feio

por Inês P Queiroz

Bastou-me uma semana longe do computador para que morressem mais duas pessoas que, cada uma à sua maneira, eu admirava, morrerem de cancro. No caso do António Feio senti um nó tão grande na garganta quando vi as primeiras notícias na televisão que só a muito custo evitei desatar a chorar à frente do meu filho.
O que mais admirei neste homem e na sua luta contra uma doença tão destruidora, foi a forma como ele tentou, a todo o custo, viver como até ali, até ao dia em que soube que tinha um cutelo a pender sobre a sua cabeça. Porque, meus amigos, viver com cancro é do caraças. Não é saber que se está doente, não é só saber que se pode morrer. É sobretudo, viver com a dor física e psicológica da doença, dos tratamentos, é sentirmo-nos mais invisíveis a cada dia que passa, é testarmos o limiar das nossas forças a cada dia e, mesmo assim, arranjarmos motivação para nos levantarmos da cama e continuarmos a levar a nossa vida da melhor forma possível.
E daqui vem a minha admiração, pela forma como ele ergueu a cabeça e, de certeza, serviu de exemplo para muitas pessoas que por aí andam, doentes, e sem forças.
Obrigada, António!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D