Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Depois de um dia mau pode haver um céu estrelado. O meu reino.


29
Jun10

Acabou

por Inês P Queiroz
e o que me chateia é que saímos sem glória... sem orgulho, sem ganas. Que tristeza. Excepção feita ao Fábio Coentrão, ao Ricardo Carvalho e ao Eduardo. Se não fosses tu tinha sido muito pior, acredito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

28
Jun10

Foi bonita a festa, pá!

por Inês P Queiroz
Melhor, foi linda. Depois de muito correr e de achar que ia perder a festinha do meu filho, lá chegámos (eu e o pai) mesmo em cima da hora. E Foi lindo. A educadora apresentou um vídeo em que fazia várias perguntas aos seus 5 finalistas e eu fartei-me de chorar, há que dizê-lo com frontalidade. Adorei vê-lo com os seus amiguinhos; adorei ouvi-lo dizer que quando entrou para a escola batia nos meninos e não sabia partilhar, mas que agora era crescido e gostava de proteger os pequeninos. E fiquei a saber que o meu filho quer ser bombeiro e e médico. Bombeiro porque pode encontrar muitas aventuras; médico para salvar pessoas.
Amanhã teremos fotos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Jun10

Dia de Festa

por Inês P Queiroz
Hoje é dia de festa. O Henrique vai receber o seu diploma de finalista. Vai deixar a sala da pré e ingressar na vida dos crescidos. Vai para o primeiro ano. Eu passo a vida a dizer-lhe que agora é que vai ser; que vai aprender a ler, que vai, finalmente, ser da mesma sala do seu grande amigo Afonso Beijoca, que vai ter cadernos e livros novos...
Para ele tudo se resume a passar para o recreio "lá de cima". Aquele em que se pode jogar à bola.
Ok, percebi.

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Jun10

Xi pá...

por Inês P Queiroz
e não é que a Itália também já está a arrumar as malas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Jun10

Desculpa, Sérgio

por Inês P Queiroz
A mãe do meu amigo Sérgio está doente, muito doente. Tem leucemia. E isto anda a bulir comigo, porque queria ajudar, queria muito, mas não consigo. Primeiro, porque todas as palavras me parecem vazias de sentido. Como consolar alguém que tem a sua mãe numa sala de isolamento à espera de um dador de medula? Como consolar alguém de quem gostamos tanto, quando vemos tanta tristeza e angústia; tanta revolta e mágoa?
E então passou-me pela cabeça que, cinco anos depois do meu próprio tumor, já pudesse ser dadora de medula. Mas não posso. Nem de medula, nem de sangue... nada.
Desculpa lá, amigo, por não ser uma grande valia. Mas penso muito em vocês. Todos os dias.
E deixo aqui o apelo aos meus dois ou três leitores diários, vão inscrever-se. Vá lá, não custa nada ser dador de medula óssea. E já imaginaram o quão espectacular seria se um dia tocasse o telefone de vossa casa e vos dissessem que podiam salvar a vida de alguém??? Não seria absolutamente fabuloso? Se tiverem dúvidas vão aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Jun10

Bola e Deus

por Inês P Queiroz
A Grécia foi para casa. E a França também... começo a pensar que talvez exista Deus. Depois da forma vergonhosa como a França foi apurada (com aquela mãozinha do Henry) e do modo nojento como a Grécia joga (sempre de autocarro estacionado à frente da baliza), começo a acreditar na justiça divina: tarda mas não falha.
Se a Itália ficar pelo caminho talvez me converta ao cristianismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

23
Jun10

eu sei

por Inês P Queiroz
Que há mais coisas na vida que futebol, mas nestes dias a televisão lá de casa não sai da Sport TV.
É só até dia 11.

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Jun10

Obrigadinha

por Inês P Queiroz






Gostei. Foi bonito, muito bonito. E o meu dia até correu melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Jun10

A Palavra

por Inês P Queiroz
José Saramago morreu e com a sua morte o mundo fica um bocadinho mais pobre. O mundo da escrita, da palavra, do puro gozo de ler e de escrever, de imaginar e de sentir.
Não me interessa o seu percurso político, não me interessam os supostos ataques à Bíblia, não me interessam as suas eventuais falhas enquanto director de um jornal.
Felizmente não conheci essa pessoa de quem tantos falam.
Quem conheci foi o escritor, através da sua escrita, do seu amor à palavra. E por isso sinto-me triste e acho que o mundo empobreceu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Jun10

Pontadinha de inveja

por Inês P Queiroz
Ontem, durante o nosso fantástico jantar das quintas-feiras, percebi, numa mesa ao lado, que outra cliente habitual das quintas-feiras, dizia à empregada que estava grávida. Do terceiro. E senti, confesso, inveja daquela felicidade, da mão na barriga, dos sorrisos c´mplices dos irmãos.
É assim, a vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Jun10

Este rapaz ouviu-me

por Inês P Queiroz


Obrigadinha Higuaín. Belos golos.

Ah, e já agora, obrigada México!!!! Para além dfe ganhar à França jogou bom futebol, não pôs um camião à frente da baliza depois do primeiro golo. Obrigadinha pá!

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Jun10

Mundialito

por Inês P Queiroz
Aviso prévio: eu adoro futebol. Aviso prévio 2: a única selecção que odeio é a francesa.
Ando tristonha com este mundial. Parece-me um mundialito, sem brilho, sem golos. A coisa já não anda famosa com jogos na hora de trabalho. Não dá muito jeito. Depois, para tornar tudo ainda mais cinzento, a nossa selecção jogou uma valente merda. E agora a Espanha perde com aqueles gajitos da terra dos chocolates e dos relógios (e do ouro nazi, é verdade)?
É pá, estou chateada. Gosto de bola, de golos, de espectáculo e não de futebol de autocarro à frente da baliza. Dantes era só a Grécia que jogava assim. Agora é a Grécia, a Coreia, a Costa do Marfim...
Estou irritada. Talvez o melhor seja ir às compras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Jun10

Pior que estragada

por Inês P Queiroz
Estou tão tão chateada... e comigo mesma, o que ainda é pior.
Com a mudança de planos da festa do meu filho soube hoje de manhã que dois amiguinhos ficaram no Parque à espera dele. A sério, o que me passou pela cabeça para não ir ao parque entregar um bilhetinho com a nova morada? Pensei que tinha avisado toda a gente, mas não avisei. E uma dessas pessoas é uma colega de trabalho que veio de longe para poder ir à festa com o seu filhote. Sou mesmo uma jumenta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Jun10

Xi pá, para o ano há mais

por Inês P Queiroz
Ontem o meu filho fez seis anos. Tínhamos tudo preparado para um grande festarola na rua, no Parque Infantil do Parque Eduardo VII. autorização pedida à Câmara Municipal de Lisboa que (ao contrário do que aconteceu no ano passado) veio a tempo e horas, rissóis, croquetes, sandocha... tudo como manda o figurino. Na sexta-feira fiquei muito assustada com o tempo e comecei a ver a minha vidinha a andar para trás. Toca de ir a todos os sites de metereologia. Melhoria de tempo para sábado. Ufa! Estávamos safos! Mas qual não foi o meu espanto quando acordei ontem e vi que o tempo estava uma trampa, e das grandes. A qualquer minuto ameaçava chover. Caraças para o São Pedro. Logo este ano que, como não pagávamos a festa, tínhamos cerca de 20 miúdos confirmados...
Fomos almoçar de coração nas mãos e a pensar que teríamos de enfiar 20 miúdos, mais adultos, na nossa casinha... e assim foi. Depois de muito penar à procura dos telefones de todas as mães para avisar da alteração de planos, a campainha começou a tocar por volta das 16h. E foi a rebaldaria total até cerca das 19h. Mas foi giro, muito giro. Acabou por haver dois turnos de convidados: os índios lá da escola e, mais tarde, os amigos crescidos que têm filhotes que ainda fazem a sesta.
E foi assim que tive a oportunidade de conhecer o Pedro, filho da minha amiga Mena (e que vergonhosamente ainda não tinha visitado....), tive oportunidade de estar com o Sérgio e seu clã, com a Madalena... acabou por correr tudo muito bem. Muito bem mesmo. Nem faltaram sardinhas assadas, porque uns vizinhos aqui da rua decidiram montar um arraial à porta do prédio e eu, com a minha lara natural, apareci lá com duas garrafas de vinho para trocar por sardinhas. Estavam boas, deliciosas... E no fim da noite, já quese de gatas, deitadinha no sofá a rever o Argentina/Nigéria, ainda houve tempo para o melhor: a minha prenda de casamento. Depois das belíssimas rosas amarelas e do manjerico, houve ainda uma noite numa Pousada de Portugal... sem filho:)
Como diz um amiguinho do meu filho "estou partidinha na flôr da vida". Só para o ano é que há mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Jun10

declaração de amizade

por Inês P Queiroz
Então é assim: ela é querida, uma pessoa especial. Gosto dela desde que a conheci. Assim, sem mais. Porque sim. Porque ela é engraçada, é amiga, me fez rir e muito quando estava grávida, me ajudou coma sua presença quando o meu pai estava muito doente. Ela é assim: meiga, mas directa, simpática mas também sabe ser uma besta para os cretinos desta vida, gira, muito gira. E de bem com a vida, que é o principal. A Anita vai casar, o que não é pouca coisa. E disse-me na altura em que se deciciu casar que me iria convidar. Senti-me muito lisonjeada,claro. Ontem li no seu blogue que andava a reduzir a lista de convidados. E, não sei porquê, vi-me na lista dos desconvidados, sendo que nunca tinha sido convidada formalmente. E, devo confessar, não fiquei chateada. Porque se há pessoa que percebe que não se pode convidar todos os amigos para o casamento, sou eu que só convidei 50 pessoas. A sério que não fiquei aborrecida.
Mas hoje ela disse que tinha o convite para me dar. E eu senti-me como as miúdas de 14 anos que não foram excluídas da festa de aniversário da amiga mais gira da escola.
Engraçado, não é?
Vou gostar muito de presenciar um momento que sei que vai ser de grande felicidade. Por todos os motivos e mais alguns mas, acima de tudo, porque ela merece, caraças!

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Jun10

festejos e nostalgias

por Inês P Queiroz
Amanhã faz seis anos que o meu filho nasceu. E foi um dia de uma alegria inacreditável. Amanhã faz 4 anos que me casei. E foi um dia maravilhoso. Em ambos o meu pai esteve presente e contribuiu para que a felicidade fosse mais completa. Amanhã voltamos a festejar mas, desta feita, sem ti, pai. E custa-me muito que estes festejos não contem contigo, com o teu sorriso, com o teu beijo. Tenho saudades, mas prometo que não vou chorar. Vou honrar a tua memória com uma festa bonita. Vou fechar os olhos e imaginar que estás lá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Jun10

jornalismo hilariante

por Inês P Queiroz
Porque às vezes é preciso rir para não chorar, a AFP remata, desta forma hilariante, o take onde dá conta do assalto aos três jornalistas esta madrugada, na África do Sul:
"Infelizmente, não houve feridos ou disparos", afirmou, por sua parte, o porta-voz da polícia, Hangwani Mulaudzi.
Se não acreditam, vejam aqui.
Foi erro de engano (como diria a minha avó) ou esta malta anda maluca?

Autoria e outros dados (tags, etc)

07
Jun10

fim-de-semana dos bons

por Inês P Queiroz
Ai pois foi. As fotos ficarão para depois, para quando houver mais tempo, mas este fim-de-semana deu para muita coisa: Caramulo, ar puro, piscina, muita comidinha bem regada: Quinta de Cabriz, Solar do Paço dos Cunhas, em Santar, Quinta do Encontro, em Anadia. Acabámos ontem a almoçar na Taberna, em Coimbra (que recomendo vivamente) e depois, para rematar, acabei com a cabeça enfiada numa das janelinhas das casas do Portugal dos Pequenitos. Eu tinha belas memórias daquele sítio, que caíram todas por terra ontem à tarde. MAs o Henrique adorou. E até chorou porque não queria vir embora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Jun10

pic quê?

por Inês P Queiroz
Alguém é capaz de me dizer por que motivo se decidiu ceder o Parque Eduardo VII para o mega piquenique do Modelo? O que é que passou pela cabeça do Presidente da Câmara de Lisboa? Com o Parque da Belavista livre, com o Estádio Nacional à mão de semear, vão-se soltar milhares de pessoas de lancheiras e garrafões num dos jardins mais emblemáticos da cidade? A troco de quê? Qual é a vantagem? Eu imagino como ficará o Parque depois da grande festa da carne assada e da vuvuzela. Já para não falar de como vai ficar o trânsito. Estou chateada, é claro que estou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Jun10

Para gravar

por Inês P Queiroz
Hoje, ao regressar a casa depois de me ter esquecido do telemóvel, ouvi do meu marido: "O Henrique disse que a mãe anda sempre a correr e está sempre cheia de pressa". E estou, até agora, com esta frase gravada na cabeça. Há uns anos atrás, depois de ter ficado doente, jurei a mim mesma que a vida que me restasse (fossem 5 meses ou 50 anos) seria para saborear. Que havia certas coisas que não me podia permitir, que havia caminhos pelos quais não queria enveredar. O tempo passou e essas certezas um dia tão claras foram ficando esquecidas. Há alguns meses, e depois da roda viva que tem sido a minha vida profissional, voltei a pensar no assunto; fui à minha caixa das memórias gravadas e puxei delas, trouxe-as para a superficie, voltei a escrever quais eram as minhas prioridades nesta vida e de que forma elas estavam a ficar esquecidas.
Esta manhã, depois de ouvir o que o meu filho disse, percebi que tenho de voltar ao caminho certo. E não me posso desviar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Junho 2010

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D