Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Depois de um dia mau pode haver um céu estrelado. O meu reino.


26
Nov09

Obrigada

por Inês P Queiroz
Quem me conhece sabe que não sou uma heroína, nem tenho grande coragem. Sou apenas uma gaja com muita vontade de viver. ALiás, o que eu mais tenho é medo. Medo de morrer. E deve ser por isso que me agarro muito à vida e que tenho ultrapassar os obstáculos que me aparecem. Há momentos melhores e momentos piores, como na vida de todas as pessoas. Também não escrevo para dar conselhos. Escrevo porque gosto. Escrevo porque, durante vários anos, a minha profissão passava pela escrita; escrevo porque a dada altura da minha doença senti necessidade de expurgar, de me renovar matando os meus fantasmas. Por esse motivo aceitei as crónicas da Pais & Filhos e confesso que fiquei muito triste quando elas acabaram (percebo que se queiram outro tipo de histórias); por esse motivo escrevo aqui, se bem que não com a frequência desejada. E, embora escreva mais para mim do que para os outros, não nego que fico muito feliz quando leio o comentário de alguém que me lê e que encontra nisso alguma inspiração.

Obrigada Marta, pelo seu comentário. E aproveito para dizwer que não tenho Fox Life. Tenho meo... só a partir de Janeiro é que passo a ter Fox Life. Até lá tenho mesmo de me contentar com a 5ª série na RTP 2

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Nov09

post interrompido

por Inês P Queiroz
Eu tinha boas intenções, sim tinha. E muito para contar. Mas começou a anatomia de Grey... vai ter de ficar para mais tarde

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Nov09

Podia ser pior. Podia?

por Inês P Queiroz
Não falo da gripe A, até ver estamos a salvo. Mas hoje, depois de uma bela sessão de reflexologia, sabem como acabou o meu dia? A catar piolhos e lêndeas da cabeça de um puto de cinco anos. Podia ser pior. Podia? NAAAAA

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Nov09

fazer de conta

por Inês P Queiroz
Hoje, durante o jantar o Henrique disse, "mãe nunca mais vamos ter o nosso dia?". O petiz referia-se às nossas quintas-feiras, aquele dia em que o pai trabalha noite dentro e ele vem para a cama comigo. Com o pai de baixa torna-se difícil o ritual das quintas-feiras.
Mas o pai apresentou a solução perfeita "vou ali para a sala ver televisão e faz de conta que estou no jornal a trabalhar". E assim foi, depois do jantar o pai despediu-se com "um beijinho que vou trabalhar". E aqui está ele, a roncar ligeiramente, com os pezinhos enroscados nos meus.
E é muito bom.

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Nov09

nas pequenas coisas

por Inês P Queiroz
estás nas pequenas coisas do meu dia-a-dia, pai. Nas pequenas frustrações, nos insignificantes gestos do quotidiano, nas mais simples memórias. Hoje à noite, quando chegávamos a casa depois da natação, o Henrique disse, "Olha ali o teu pai, no céu". E eu senti-me verdadeiramente acompanhada por ti.
Este fim-de-semana, enquanto tomávamos banho, olhou-me com aqueles olhos de criança cheia de medo e disse "Mãe, nunca te vou esquecer. Nem quando morreres. Eu também não esqueci o avô António".
Por isso pai, como podes ver, estás em nós, na peça de roupa que comprei quando te fui ver ao hospital, na frase que dirias, no petisco que como e que sei que adoravas... estás em tudo e nem por isso as saudades são menos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Nov09

Algo vai mal

por Inês P Queiroz
quando a minha banda sonora é o OK Computer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Nov09

Ele há dias...

por Inês P Queiroz
Em que as coisas simplesmente não correm bem. Passei o dia a correr, cheguei a casa tarde, dediquei-me a tratar do puto e a fazer um belo jantar, lulas recheadas (óptimas, por sinal). E o que é que acontece? Alguém adormece e não vai jantar, apesar de ter sido chamado três vezes... ele há dias do caraças

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Novembro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D